domingo, 27 de dezembro de 2009

Psychoff, mais uma vez

Para além dos habituais votos de Feliz Natal fica a referencia de que o Psychoff terminou o seu challenge de 100.000 dolares. Uma bonita forma de terminar o ano.

For you Psychoff I wish a lot of good luck in your tradings. And, once more, receive my congratulations.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Right2bet

Há uns meses atrás, surgiu nos nossos jornais a noticia de que a Santa Casa da Misericordia teria pedido ou iria pedir a sensibilização do Governo para colocar um ponto final nas apostas online ilegais. Pretende a Santa Casa proibir transferências bancárias oriundas de Portugal para os Agentes de apostas desportivas Online.
Pessoalmente, não posso estar mais em desacordo com esta ideia. Apesar de não ser a favor das apostas, sejam elas, online ou off line, considero que esta atitude não passa de uma tentativa de monopólio da Santa Casa. Reparem, o Totoloto também são apostas desportivas, e eu conheço quem gaste fortunas nesse tipo de jogo sem nunca ganhar que lhe compense os gastos que tem.
E porque não acabarmos com o Euromilhões? Onde eu, confesso, nunca joguei. Ou que tal acabarmos com os casinos? Com o Totoloto?
Apesar de, como já disse, não ser a favor das apostas, o trading baseia-se nas mesmas, e é com base nisso que defendo o direito a apostar.
Existe neste momento uma organização que procura reunir assinaturas com vista à liberalização das apostas online (não estou a ver outra forma possivel de fazer trading...). Chama-se Right2Bet. Podem deslocar-se ao sitio da mesma e fazer valer a vossa opinião.
A petição dita o que se segue:
A petição right2bet:
Eu, pelo presente, dou o meu apoio à right2bet e ao seu objectivo que é o de todos os cidadãos da EU tenham o direito a escolher qual o fornecedor de apostas online a usar, independente do Estado-Membro a partir do qual opera.
Eu, abaixo assinado, quero chamar a sua atenção para o seguinte:
-Eu quero ter o direito de usar a Internet para apostar online para além das fronteiras de todos os Estados-Membro.
-Eu quero ter o direito de usar as páginas de internet de operadores de jogos online autorizados da UE, que me proporcionam mais divertimento, melhores apostas e melhores jogos.
- Eu não quero ter de ir para fora da UE para usar páginas de internet que possam não estar autorizadas e cujas origens eu desconheço.
- Eu pretendo que aja firmemente contra os Governos dos Estados-Membros que ainda não me permitem (e a outros cidadãos da UE) exercer esta liberdade.
- Eu quero saber se o jogo responsável será encorajado. Eu quero ter a certeza que não será permitido às minhas crianças acederem a estes sitios.
- Eu quero que a Comissão aja contra os Estados-Membros que não me permitem apostar com operadores da UE autorizados, que cumprem os mais altos padrões de protecção dos consumidores e das crianças, jogo socialmente responsável e prevenção contra o crime.
- Eu quero que aja para serem retiradas as barreiras existentes que impedem que os consumidores da EU exerçam os seus direitos de comprar online livremente para além das fronteiras dos Estados-Membros da UE..

domingo, 6 de dezembro de 2009

Blog reaberto

Blog reaberto, comentários encerrados... acabou-se a festa.

sábado, 5 de dezembro de 2009